Extintores

Especificações do agente extintor

BOM SABER:

O fogo é formado por quatro elementos: calor + combustível + oxigênio + reação química em cadeia.
Apagar o fogo significa retirar um desses fatores, ou seja:
RESFRIAR = tirar o calor
ABAFAR = tirar o oxigênio
REMOVER O MATERIAL = tirar o combustível
IMPEDIR O CONTATO ENTRE OS TRÊS = quebrar a reação em cadeia.

 

O manômetro deve estar indicado a cor verde, mostra que o extintor tem pressão e está correto parar a utilização.

Ficar atento ao selo com o mês que o extintor foi carregado e o ano de seu vencimento.

No corpo do extintor contêm o rótulo alto explicativo, além de dicas rápidas de como utilizar o extintor

A parte inferior do rótulo específica a classe incêndio e suas proibições.

 

Classe de incêndio

Incêndio Classe “A”

Incêndio envolvendo combustíveis sólidos comuns:

• Papel
• Madeira
• Pano
• Borracha


Tipo de extintor: Água

 

 

 Incêndio Classe “B”

 Incêndio envolvendo líquidos inflamáveis, graxas e gases combustíveis.

 • Gasolina
 • Óleos
 • Álcool entre outros

 Tipo de extintor: Pó Químico Seco

 

 

 

Incêndio Classe “B”

Incêndio envolvendo equipamentos elétricos e eletrônicos energizado.

• Motores
• Computadores, entre outros
Pode ser usado também em incêndios de classes A e B

Tipo de extintor: Gás Carbônico CO2

 

 

 

Método de utilização do agente extintor

Coloque o dedo dentro do gatilho de segurança localizado na base do gatilho

Girar e puxar para liberar o gatilho.

Puxe a mangueira e direcione para o fogo se posicione a uma distância segura do fogo.

Acione o gatilho para liberar o agente extintor. Sempre específico para cada classe de incêndio

 

Manutenção dos Extintores

Realizar exame periódico e completo dos extintores. É realizada através de inspeções, onde são verificados: localização, acesso, visibilidade, rótulo de identificação, lacre e selo do INMETRO, peso, danos físicos, obstrução no bico ou da mangueira e pressão nos manômetros.

INCÊNDIO

Plano de abandono de prédios

É obrigatório que todo edifício ou condomínio tenha o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, o AVCB. Converse com o sindico e vizinhos sobre a importância desse assunto.

Como deve ser o plano?

- Deve ter uma planta do imóvel, onde estejam localizadas todas as informações contra incêndios: local dos extintores, hidrantes, rotas de fuga e saídas de emergência;
- Descrever quais as ações e responsabilidades da Brigada de Incêndios;
- Quais as orientações e procedimentos para ocupantes, moradores e funcionários do prédio em caso de incêndio;
- Estabelecer e comunicar a todos um ponto de encontro, do lado de fora do edifício;
- Treinar, ao menos duas vezes por ano, esse procedimento de abandono.

 

O QUE FAZER EM CASO DE INCÊNDIO?
  1. Identifique a situação;
  2. Retire as pessoas do local, sempre por escadas de emergência;
  3. Chame os bombeiros pelo telefone 193;
  4. Desligue a energia elétrica e o gás;
  5. Aguarde os Bombeiros e tente fornecer as seguintes informações:
  • Se há vítimas e onde estão;
  • Aponte os melhores acesso até a região;
  • Informe o local exato da emergência;
  • A provável causa do incêndio.
 

 

Informações extraída do site do Corpo de Bombeiro do Estado de São Paulo

Rua Ezequiel Antonio de Oliveira, 635 - Vila Aurea - Itapevi - SP - CEP: 06695-610
© 2021. Todos os direitos reservados a www.itafire.com.br | Desenvolvido por VGT Tecnologia divisão VGSites.